Buscar
  • VO2 PILATES

POR QUE FAZER UMA FORMAÇÃO EM PILATES CLÁSSICO/TRADICIONAL?


Joseph Pilates foi um alemão, nascido na cidade de Mönschengladbach em 1883 e criador do método que hoje conhecemos como Pilates. Durante suas várias fases de vida, ele criou e mudou diversas coisas dentro do método e com o passar dos anos, muitos de seus alunos acabaram virando professores e passando adiante o legado deixado por Joseph, após a sua morte, em 1967. Uma de suas discípulas, Romana Kryzanowska, foi sua aluna que se manteve mais fiel a linha de pensamento de Joseph Pilates, mantendo o método mais próximo do original criado e desenvolvido por ele.

Romana sempre teve o objetivo de preservar a obra e legado de Joseph para que seu método fosse mantido o mais puro possível.

Com a criação de diversas atividades, o método veio para o Brasil e poucas pessoas tinham acesso aos cursos chamados de Formação Clássica, devido a muitos de seus aprendizes entenderem que deviam manter o método fechado. Por isso, muitas pessoas começaram a “colocar coisas” de outras atividades dentro do método, perdendo a sua essência. Hoje podemos ver diversas vertentes que usam o nome Pilates como forma de vender mais fácil uma modalidade, mas que na verdade pouco tem a ver com o método original, usando apenas os aparelhos. No Pilates Tradicional ou Clássico, utiliza-se somente o que foi criado por Joseph, e aperfeiçoado por seus discípulos, utilizando o que Joseph passou para cada um deles. Muitas escolas hoje em dia, oferecem cursos de um ou dois finais de semana, que entregam profissionais totalmente despreparados para o mercado e esses não se preocupam em buscar uma especialização ou mesmo se atualizar dentro do método.

Há muitas escolas de Pilates Contemporâneo, com pesquisa científica e um trabalho sério em cima do método, com exercícios baseados em ciência do movimento, fisiologia do exercício, biomecânica e outras ciências, mas também existem diversas escolas por todo o país que oferecem “cursos” rasos, dizendo que é formação completa, quando na verdade é um curso introdutório, e não uma formação completa. Na formação completa, o instrutor deve treinar, sentir o método e seus benefícios no seu corpo, conhecer a essência do método, procurar entender qual era a linha de pensamento de Joseph Pilates e o que ele queria com seu método, e entender que não são simplesmente exercícios jogados, sem pé nem cabeça. Existe uma ordem, existem sequências, existem correções, existe uma execução correta, e é importante que cada instrutor sinta para saber transmitir para os seus alunos.

Eu mesmo iniciei no método com um curso de 3 finais de semana, que tinha 50 horas de estágio. Por ser curioso, pedi para que pudesse completar 120 horas de estágio, e mesmo assim me senti totalmente inseguro durante um ano que trabalhei dando aulas até descobrir o método clássico. Sentia uma sensação de algo incompleto, faltando uma peça, e me sentia cansado de ter que ficar pensando em diversos exercícios, de ficar criando coisas, adicionando “acessórios”, ficar olhando em redes sociais, ficar a mercê de pedidos dos alunos. Se você se sente assim, você me entende e entende que isso talvez seja um sinal que você precisa se atualizar.

Para mim, já no módulo básico da minha certificação, que durou dois anos e que sou muito feliz de ter esperado com paciência todo o processo, pois pude entender cada etapa e sentir também, foi uma virada de chave absurda, uma explosão na minha cabeça e a sensação de que agora tudo fazia sentido, que era essa a peça que faltava! O método está pronto, basta você observar, aprender, treinar e ensinar!!! Para muitas pessoas pode ser difícil, assim como foi pra mim, mas a sensação de estar respeitando a obra do Sr. Joseph Pilates é incrível. Ao contrário do que muita gente que faz outras escolas pensa e diz, o método clássico, tradicional, autêntico, seja como for, não é engessado, é um método inteligente, que nos faz entender o corpo de cada aluno e aplicar o que ele precisa naquele momento. Muita gente julga que seja um método fechado, engessado, militar, sem ao menos conhecer a essência. É importante que cada um siga aquilo que acredita e lhe faça bem, mas que se dê oportunidade de conhecer todas as linhas, e aprenda a entender que a essência do método Pilates é transformadora.


Se alguém tiver alguma dúvida sobre o processo de uma certificação clássica, pode me chamar no Whatsapp: (11) 98238-4207. To pronto para tirar dúvidas e ajudar quem tiver interesse em conhecer o método tradicional.



149 visualizações0 comentário