© 2019 - VO2 Pilates e Treinamento

Buscar
  • VO2 PILATES

Os Efeitos do Método Pilates Aplicado à População Idosa

A expectativa de vida sofreu um aumento mundial nos últimos anos, em decorrência disso, houve um acréscimo da população idosa. O envelhecimento traz alterações biológicas e gera mudanças nos aspectos psicológicos e sociais, o que compromete a independência e a qualidade de vida.

Os programas de exercícios que envolvem treinamento de força e equilíbrio são apontados como responsáveis por manter a capacidade funcional de idosos, além de serem uma intervenção preventiva para diminuição do risco de quedas nessa população. Dentre as atividades físicas recomendadas para esse público, destaca-se o método Pilates que retrata um sistema de exercícios físicos criados por Joseph Pilates e que trabalha movimentos corporais com seis princípios: respiração, controle, concentração, precisão, fluidez e centralização, desta forma, integrando corpo e mente.

Os exercícios foram projetados para promover melhora na postura, força, resistência, flexibilidade e equilíbrio. Muitos idosos têm procurado o método Pilates em busca de saúde e manutenção das aptidões físicas, prevenção de doenças, assim como tratamento coadjuvante. Na literatura, é possível encontrar alguns estudos que buscam esclarecer os benefícios do método Pilates nessa população, no entanto, ainda não há um estudo que sintetize esses efeitos na população idosa.


Na VO2 Pilates, trabalhamos o Método Pilates com clientes da terceira idade, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida e a capacidade funcional do dia a dia, trabalhando com exercícios que aprimoram a força, flexibilidade, equilíbrio, e outras capacidades, reduzindo dores e limitações de movimentos que são comuns nessa idade. Como resultado, alguns de nossos clientes já relatam uma melhora significativa em seu dia a dia, como ganho de massa óssea, melhora na coordenação, diminuição de dores na coluna, melhora na disposição física, aumento da consciência corporal, e outros.


Como resultado, podemos ver através do link a seguir, os efeitos do Método em pessoas idosas.


http://www.scielo.br/pdf/rbgg/v19n4/pt_1809-9823-rbgg-19-04-00695.pdf


Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS, Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança - ESEFID, Departamento de Educação Física. Rio Grande do Sul, Porto Alegre, Brasil.


Pilates na terceira idade

12 visualizações