Buscar
  • VO2 PILATES

Sobre tornar-se um instrutor de Pilates qualificado

Atualmente, no Brasil, existem cerca de 40 mil estúdios de Pilates e podemos encontrá-los através de redes sociais em todos os lugares do país. A expansão do nome e do método, tem criado cada vez mais adeptos e podemos dizer que hoje existem estúdios em todos os pontos do Brasil.


Mas qual o diferencial para que você se torne um instrutor capacitado e qualificado, no meio de um mercado que se tornou tão competitivo?


Muito antes de trazermos discussões de certos e errados, escolas e escolas, trazemos a discussão que é inerente a todos nós: tornar-se um profissional que faz a diferença.

Hoje, instrutores de Pilates fazem parte de uma classe profissional emergente muito poderosa e influente, em saúde, pois o método Pilates é um método comprovadamente eficaz para a saúde dos seus praticantes. Cada vez mais médicos indicam e dialogam com o Pilates como terapias coadjuvantes para seus pacientes, e a medicina nunca pregou tanto que ‘a prevenção de doenças é o melhor dos tratamentos’, o que é um dos alicerces do método.


Falando em médicos, e falando em saúde, nossa provocação a refletir é a seguinte: se pergunte se você passaria por um médico cuja especialização, você ficou sabendo, foi feita em um final de semana.


É unânime que todas as profissões, em todas as áreas, requerem constante atualização e crescimento. Com o Pilates não é diferente, e ainda, pode ter consequências mais sérias do que outras profissões, pois lidamos com a saúde das pessoas. Cabe a todos nós, instrutores e donos de estúdios, conheceremos a importância da profissão – para só então conseguirmos reconhecermos o valor do trabalho realizado. E sim, conseguirmos melhor remuneração e valores de mercado. Esta é uma escalada que não se alcança no grito, mas no diálogo, na mente aberta, no empenho e no crescimento como ser humano.

Hoje, existem cursos de 40 horas ou até menos que prometem formar e capacitar profissionais, com um baixo investimento e assim, qualquer pessoa pode se tornar um instrutor de Pilates. Estes cursos, que trazem ao profissional uma porta de entrada cheia de sonhos, são irresponsáveis quando lhe dizem que ‘acaba por aqui’ e ‘você está pronto para transformar a vida de milhares de pessoas’. Você não está. E está tudo certo, porque o importante é que você deu o primeiro passo, de muitos. Vamos explicar o porquê nesta outra matéria aqui.

Tem sido constatado que a maioria dos profissionais que fazem um investimento nestes cursos sai com a promessa de uma formação completa - e acham que não é mais necessário investir em aprendizado, especializações, etc. Esta é uma contramão do crescimento profissional. É extremamente importante realizar atualizações, reciclagens, palestras, workshops, participar de congressos, e principalmente, se tornar um praticante do método.

Cursos com poucas horas de duração, obviamente demonstram pouca variedade e conteúdo, e escolhem os exercícios mais ‘visuais’ para encantar os seus olhos e proporcionar uma lavagem cerebral de marketing. São questionáveis, pois ensinam o indivíduo a criar exercícios que podem causar sérias lesões, em vez de proporcionar uma melhora na saúde.


Nas redes sociais podemos ver diariamente fotos e vídeos com exercícios desconexos e sem propósito algum, que ao invés de melhorar a condição do aluno/paciente, simplesmente acabam assustando o mesmo – ou proporcionando práticas ineficazes, que se popularizam.


Eu mesmo já trabalhei com um profissional que tinha o hábito de na primeira aula, fazer exercícios de inversão no Cadillac, e 100% dos alunos que faziam a primeira aula com ele, não voltavam. Se voltavam, pediam para fazer aula com outro professor, porque estavam assustados, sem necessidade. Há inúmeros vídeos na internet que mostram Cadillacs cedendo e quebrando, ao realizar uma inversão da forma errada e com o aluno errado – e como resultado, fraturas, processos e até alunos paraplégicos. É para se assustar sim – isto é MUITO sério. E ainda mais séria é a verdade de que o método está se perdendo, diversos profissionais não entendem a técnica a fundo, acham que o básico é fácil e que o aluno ou paciente não vai gostar, partindo para exercícios avançados.


O objetivo do método é que o aluno ganhe consciência do corpo e do movimento, que deve ser construído desde o início. Usemos como exemplo um prédio, sem a base ele fica frouxo, não tem sustentação, é a mesma coisa com o corpo do aluno/paciente. O instrutor deve começar dos exercícios básicos, fortalecer o corpo do seu aluno, e ir progredindo gradativamente. O método é um meio não farmacológico de promover saúde, mas se usado sem conhecimento, pode se tornar nocivo em vez de ajudar.


O Brasil não possui ainda um ‘controle de qualidade’ sobre essas formações, mas há iniciativas para esta regulamentação, que determine uma carga horária ou conteúdo mínimo, bem como médicos formados passam por anos e anos de residência, em início de atuação.


Qual a carga horária ideal para se tornar um instrutor de Pilates Qualificado?


Segundo o PMA, Pilates Method Alliance, associação de pilates em nível mundial, um curso de formação em Pilates possui carga horária mínima recomendada de 450 horas. Sendo assim, o curso deve ter entre 6 meses a um ano ou mais. Cursos com tempo de duração menor correm o risco de lançar profissionais despreparados e sem qualificação para o mercado de trabalho, colocando em risco seus alunos/pacientes.


A prática e o conhecimento aprofundado no método são extremamente importantes, para que não sejam feitos exercícios que coloquem em risco a segurança dos alunos/pacientes. Os instrutores não devem fazer ou passar acrobacias ou exercícios perigosos somente para sair bonito e postar nas redes sociais, é um risco desnecessário.


É necessário conhecer a técnica e ir progredindo o corpo do aluno para que ele realize exercícios mais avançados gradativamente. Pilates é um método excelente e que pode reabilitar através da melhora do condicionamento físico. A maior procura de alunos/pacientes nos estúdios, é por motivo de lesão e já foi comprovado cientificamente que o método é excelente na melhora de diversas lesões e na melhora do condicionamento físico. Se o instrutor de Pilates é qualificado, o aluno/paciente consegue atingir bons resultados e sente uma grande melhora no seu corpo, mente, espírito e consequentemente isso trará bem-estar e renovação de planos.

Como posso me tornar um instrutor capacitado e qualificado?


  • Procure uma formação séria, com mínimo 450 horas.

  • Conheça o histórico do ministrante do curso.

  • Aprenda a história do método, conheça os grandes nomes que o fizeram, para reconhecer quanto trabalho dá, e qual caminho das pedras já foi percorrido.

  • O bom instrutor deve vivenciar o Pilates. Sentir no corpo, praticar incontáveis vezes antes de passar o exercício ao seu aluno. Deve sentir em sí o que vai passar para o outro. Muitos profissionais saem desses cursos, sem nenhuma base do método, que são os exercícios realizados no solo, conhecidos como Mat Pilates.

  • Faça estágios de observação, prática, aulas privadas. Compartilhe conhecimento com outros instrutores e dê aulas progressivas para alunos, tudo isso vai ajudar a dar confiança no momento de assumir uma postura profissional e mais bem preparada. Realize o máximo de horas de estágio que puder.

Quando o instrutor conhece o método, ele entende que cada praticante é um e que cada aluno/paciente tem o seu objetivo e, conhecendo o método, ele passa a entender quais ferramentas dentro dele ele pode usar pra chegar ao objetivo. Aprende a conexão entre os exercícios e aparelhos, e como um pode ajudar no outro. Cada caso é um caso e o conhecimento do instrutor vai proporcionar um melhor atendimento e melhores resultados para o aluno. Para isso, o profissional deve conhecer a essência e se manter atualizado sempre. Ele é responsável pela saúde dos seus alunos/pacientes.


O instrutor de Pilates tem uma grande responsabilidade, pois os pacientes estão entregando o corpo, a saúde e confiança em suas mãos, acreditando que você é capaz de promover melhora na condição dele, seja ela qual for.

1 visualização

Posts recentes

Ver tudo
  • Instagram - White Circle
  • Facebook - White Circle
  • Whatsapp

© 2020 - VO2 Pilates Clássico